sexta-feira, fevereiro 24, 2006

VIGÍLIA ESTA NOITE EM MEMÓRIA DA GIS

Um grupo de cidadãos e cidadãs do Porto decidiu organizar, a partir das 19h30 de hoje - dia 24 de Fevereiro 2006 - uma Vigília no jardim do Campo 24 de Agosto, frente ao local onde foi encontrado o corpo de Gisberto, conhecida como a "Gis", transexual – e não “travesti”, como referido pela comunicação social - que era frequentemente perseguida com motivação homofóbica por jovens das Oficinas de São José que agora são suspeitos do seu assassinato, conforme noticiado ontem pelos meios de comunicação social.

Finalmente, (http://dn.sapo.pt/2006/02/24/tema/o_tragico_um_pioneiro_noite_travesti.html) a Gis tem um nome e um rosto e é possível a partir de agora esclarecer quem está por detrás de palavras frias como "vítima", "toxicodependente", "sem-abrigo", e, estupidamente, "travesti". Não, não era travesti, era transexual, e era bom que os jornalistas soubessem a diferença.

As Panteras Rosa - Frente de Combate à Homofobia, solidarizam-se com a iniciativa e apelam à participação de todas as pessoas individuais e organizações que desejem igualmente
solidarizar-se com a vítima, repudiar este crime, e sobretudo a hipocrisia e homofobia social que o tornaram possível.

PARA DIZER QUE BASTA DE VIOLÊNCIA HOMOFÓBICA.
PARA EXIGIR MEDIDAS DE COMBATE À DISCRIMINAÇÃO E AO PRECONCEITO.

Etiquetas: , ,

Observatório Homofobia/Transfobia na Saúde @ Médicos Pela Escolha
DIVULGAÇÃO