domingo, janeiro 20, 2008

APELO INTERNACIONAL - APOIO À LAMBDAISTAMBUL

APELO À MOBILIZAÇÃO PELA ASSOCIAÇÃO LGBTI TURCA LAMBDAISTAMBUL, AMEAÇADA DE DISSOLUÇÃO

Um processo judicial, visando a dissolução da associação lésbica, gay, bi, trans e intersexual turca Lambdaistambul, e a condenação dos seus responsáveis terá lugar na quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008.

APELAMOS:

À REALIZAÇÃO DE ACTOS PÚBLICOS DE SOLIDARIEDADE, EM PARTICULAR ENTRE OS DIAS 26 E 28 DE JANEIRO DE 2008. Há acções já previstas em muitas cidades europeias.

AO ENVIO MASSIVO DE CORREIO DE PROTESTO ÀS INSTITUIÇÕES TURCAS

A visibilidade de acções de solidariedade internacional é mais do que necessária, pois a repressão judicial contra a Lambdaistambul está muito pouco mediatizada, na Turquia como no resto do mundo.


A AMEAÇA É IMEDIATA PARA AS PESSOAS LGBTI DA TURQUIA.

Desde Junho de 2007, a pressão judicial, as ameaças de dissolução da associação e de condenação dos seus responsáveis são incessantes, quando a própria legislação turca não criminaliza as pessoas LGBTI. Duas audiências já tiveram lugar em Julho e Outubro de 2007. Esta perseguição fragiliza a LambdaIstambul e obstaculiza às suas actividades de defesa dos direitos das pessoas LGBT, de organização da Marcha pela visibilidade em Istambul, de apoio às pessoas LGBTI isoladas e de prevenção da Sida e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis.


A 31 de Janeiro de 2008, pela primeira vez, a justiça turca vai decidir sobre o próprio direito de associação das pessoas LGBTI naquele país.

ESTE CASO DIZ-NOS RESPEITO A TOD@S.

Através da sorte que merecer a LambdaIstambul, está em jogo o próprio direito das pessoas LGBTI naquele país a se associarem, se reunirem, se defenderem e se emanciparem. Um direito que não é reconhecido por si e que é necessário defender. Sempre e em todo o mundo.
O que vivem hoje as pessoas LGBTI na Turquia faz eco a certas situações que conhecemos no nosso próprio país. A marginalização e a repressão desta população, mesmo se diferente de um país a outro, pode ser verificada em todo o lado, na Turquia como sob várias formas em todo o mundo.
A existência das associações e colectivos LGBTI e a solidariedade internacional são uma necessidade evidente. A presente campanha inscreve-se na solidariedade, para lá das fronteiras, numa luta contra o racismo, a lesbofobia, a homofobia, a transfobia, a hermafobia, o sexismo, e contra todas as discriminações.

NÓS REIVINDICAMOS O RESPEITO PELOS DIREITOS DAS PESSOAS LGBTI EM TODOS OS LOCAIS ONDE ESTES SE VÊEM AMEAÇADOS OU POR RECONHECER: NO NOSSO PRÓPRIO PAÍS, NO MUNDO, NA TURQUIA.


Afirmamos a nossa solidariedade com LAMBDAISTANBUL.
APELAMOS À JUSTIÇA E ÀS AUTORIDADES TURCAS A QUE ABANDONEM AS PERSEGUIÇÕES CONTRA A LAMBDAISTAMBUL, E PARA QUE RESPEITEM O DIREITO DE ASSOCIAÇÃO DAS PESSOAS LGBTI.


SIGNATÁRIOS actualizado:
«Le Torchon Brûle Toujours» (féministes, Lyon/Paris/Strasbourg, France),«scumlambda» (collectif de soutien à Lambdaistanbul, France),«JoyZone» ( Festival LesBiTransGaiIntersexes et féministes, Strasbourg,France), «Support Transgenre Strasbourg» (Strasbourg, France),«TaPaGeS» (transpédégouines de Strasbourg, France), «Over the Rainbow»(LGBTI des universités de Strasbourg, France), «Le groupe inform'Elles»(féministes, Strasbourg, France), «Festigays» (organisation marche desvisibilités Strasbourg, France), «No Pasaran Strasbourg» (France) ,«David et Jonathan» (23 villes en France), «La quicaillerie trans',lesbienne et féministe» (Lyon, France), «FRISSE» (Femmes, Réduction desrISques et SExualités, Lyon, France), «Témoins contre les violencespolicières» (Lyon, France), «Chrysalide» (association transgenre, Lyon,France), «Freakzine» (Zine transpédégouine et autres monstres, Lyon,France), «Genres Pluriels» (genres fluides et intersexes, Bruxelles,Belgique), «Trans-Action» (Bruxelles, Belgique), «Genres d'à côté»(Bruxelles, Belgique), «Belgian Lesbian and Gay Pride» (Pride nationale,Bruxelles, belgique), «Carrefour Homosexuel Estudiantin» (Namur,Belgique), «Féministranspédébigouines de Toulouse» (France), «BagdamEspace Lesbien» (Toulouse, France), «Trans Aide» (Nancy/Toulouse/Paris,France)«Les Brigades Roses» (féministes, Marseille, France), «PanterasRosa» (Frente de Combate à LesBiGayTransfobia, Lisboa, Portugal), «ILGAPortugal» ( Interveçäo Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero, Lisboa,Portugal), «Guerrilla Travolaka» ( Pirates del gènere, Trans-resistents,Barcelona, España), «Acera del Frente» (Madrid, España), Hélène Hazéra (journaliste, militante d'Act Up, Paris, France), «Centre LGBT Paris ÎleDe France» (France), «Homosexualité et socialisme» (Paris, France),«Panthères Roses» (transpédégouines, Paris, France), «Athéturc»(association culturelle Turque, Paris, France), «Le Refuge» (associationnationale d'hébergement d'urgence pour jeunes gays isolés, Montpellier,Paris, France), «Freaktion» (multi-identitaires et anti-essentialistesen lutte contre les systèmes de domination, d'enfermement et d'aliénation,Paris, France), Festival «IdentiT» (festival de films trans' de Paris),«Tjenbé Rèd» (Questions noires, métisses et LGBT, Paris, France),«Inter-LGBT» (Interassociative lesbienne, gaie, bi et trans, Paris,France), «AIDES» (lutte contre le sida et les hépatites, Pantin,France), Commission LGBT des «Verts» (Paris, France), «Gay Union» (îlede La Réunion), «Les Flammands Roses» (groupe d'expression gaie etlesbienne, Lille, France), «International Gay and Lesbian Human RightsCommission (IGLHRC)» (New York, United States)


Contacto directo com a Lambdaistanbul (escrever em inglês): lambda@lambdaistanbul.org
Website da Lambdaistanbul : lambda@lambdaistanbul.org

Etiquetas: ,

Observatório Homofobia/Transfobia na Saúde @ Médicos Pela Escolha
DIVULGAÇÃO