terça-feira, dezembro 11, 2007

Enforcamento Iraniano, Silêncio Europeu

Makwan Mouloudzadeh foi enforcado a 5 de Dezembro às 5 h da manhã na prisão central de Kermanshah, no Irão. Era acusado de ter mantido uma relação homossexual com um rapaz de 13 anos, idade que ele mesmo tinha à altura dos factos, em 1999.
À política criminosamente homofóbica do Estado iraniano corresponde o silêncio cínico dos diplomatas europeus eda presidência portuguesa da União Europeia. Sobre este assassinato homofóbico, nem uma palavra, nem um gesto, nem um olhar.
Não duvidamos: tanto é culpado o carrasco como o cínico que olha para o lado em nome de interesses políticos e comerciais, ou quaisquer outros.
Shame on Iran, Shame on the European Presidency and the European Comission!
Observatório Homofobia/Transfobia na Saúde @ Médicos Pela Escolha
DIVULGAÇÃO