sexta-feira, fevereiro 23, 2007

PRÓXIMA GUERRA!



Normalmente, a malta fica surpreendida quando falamos disso. Mas olhem melhor para os vossos BI's, é mesmo verdade, eles não têm menção ao sexo biológico dos/as cidadãos/ãs.

Ora, com o novo cartão de cidadão isso está a caminho de mudar... se deixarmos. Não bastava que a população transsexual esteja obrigada a concluir um processo médico e cirúrgico de reassignamento de sexo para ser autorizada a mudar o género do seu nome próprio nos documentos de identificação (ao contrário do que acaba de legislar a Espanha), aqui está um passo que só irá reforçar a sua marginalização e os problemas que já hoje enfrentam no acesso ao trabalho e à saúde.

Depois espantem-se que parte destas pessoas seja empurrada para o trabalho sexual ou para situações de degradação extrema como a que vulnerabilizou Gisberta! Gostaria que os senhores do governo vivessem por um dia à procura de trabalho travestidos do género oposto e a mostrar ao potencial empregador um documento de identificação com o género contrário.

Rugiremos o necessário! Nem pó!

Observatório Homofobia/Transfobia na Saúde @ Médicos Pela Escolha
DIVULGAÇÃO