quinta-feira, janeiro 25, 2007

Concílio de Trento (ou para algumas mentes a vida humana nunca valeu nada)

Durante esta campanha surgiu uma questão aparentemente ridicula, sobre qual seria o valor davida humana. Para nós, humanos, a pergunta parece disparatada, mas para os doutos senhores da igreja católica, foi uma pergunta à qual deram resposta no ano da graça do senhor de 1517. O papa Leão X presidiu ao concilio de trento, no qual se decidiu que a vida tinha preço que podia ser tabelado por categorias, ora vejamos alguns pontos: 9. a absolvição de um simples assassino cometido por um leigo é fixada em 15 libras, 4 soldos e 3 dinheiros; 11. o marido que der maus tratos à sua mulher pagará 3 libras e 4 soldos. Se a matar, pagará 17 libras e 15 soldos, se o fizer para casar com outra terá um acréscimo de 32 libras e 9 soldos; 12. quem matar o próprio filho pagará 17 libras e 15 soldos; 13. a mulher que matar o filho que traz nas entranhas (vulgo aborto) pagará 17 libras e 15 soldos. Quem ajudar pagará menos uma libra; 14. pelo assassinato de um irmão, uma irmã, mãe ou pai, pagará 15 libras e 5 soldos; 15. quem matar um bispo ou um prelado de hierarquia superior pagará 131 libras 14 soldos e 6 dinheiros.
Um outro ponto de interesse, será o: 2. um eclesiástico que cometa fornicação, com agravante de contra natura ou bestialidade deve pagar 219 libras e 15 soldos. Mas se tiver cometido tal pecado com crianças ou animais, e não com mulheres, pagará unicamente 131 libras e 15 soldos."

enviado por Pedro J (fonte - "Mentiras fundamentais da Igreja Católica", de Pepe Rodríguez, Terramar, edição de 2001)

Etiquetas: , ,

Observatório Homofobia/Transfobia na Saúde @ Médicos Pela Escolha
DIVULGAÇÃO