terça-feira, novembro 22, 2011

Viva a Greve Geral! Dia 24 todxs à rua!


A discriminação está presente no mundo do trabalho. As lésbicas, os gays, os/as transsexuais e os/as pessoas transexuais e transgénero, xs trabalhadorxs do sexo sofrem todos os dias a brutalidade de estarem nas margens do trabalho com direitos ou de terem de se esconder para poderem viver.

A Frente de Combate à LesBiGayTransfobia Panteras Rosa e os Precários Inflexíveis denunciam o preconceito a que muitas pessoas são sujeitas e afirmam que também o regime da austeridade é um preconceito.

A austeridade é um preconceito porque se afirma "inevitável" e "indiscutível", quando, na verdade, já há provas de que este caminho piora a situação dos países que a adoptaram. Pelo fim dos preconceitos afirma-mo-nos solidários e solidárias com a Greve Geral, quando todxs somos necessárixs na luta contra um governo que não passa de uma comissão liquidatária de todo um país e de todos os direitos de todxs, quem não entendeu ainda que estamos todxs a lutar pela vida, vá trabalhar esta quinta-feira e não saia para a rua.

Divulga este cartaz no teu facebook, no teu blog, nas paredes de cada cidade. Vamos marcar presença LGBTTQI... nas ruas! Adere à Greve Geral.
Observatório Homofobia/Transfobia na Saúde @ Médicos Pela Escolha
DIVULGAÇÃO