quinta-feira, maio 28, 2009

Liberdade Imediata Para Laura Bugalho!

PRESS RELEASE 28 de Maio de 2009

Liberdade Imediata Para Laura Bugalho,
activista pelos direitos trans e dos imigrantes na Galiza!


Na passada terça-feira, foi detida em Santiago de Compostela Laura Bugalho, activista trans, sindicalista, fundadora e membro da associação Transgaliza, e desde longa data uma das nossas parceiras de activismo no país vizinho. Foram-lhe confiscados documentos e o seu computador, sob a acusação de falsificação de documentos dirigidos a imigrantes, uma alegação absurda para tod@s @s que conhecem o seu trabalho e as suas cautelas com o seu enquadramento dentro dos preceitos legais espanhóis.

Laura leva a cabo um importante e exemplar esforço de assessoria e apoio a imigrantes ilegais, especialmente com mulheres trans, muitas das quais trabalhadoras sexuais. A sua detenção e acusação é entendida pelo conjunto do movimento associativo galego - e não pode de facto ser entendida senão como uma detenção política- como um ataque às pessoas e colectivos defensores dos imigrantes em Espanha.

Desde Lisboa exigimos às autoridades espanholas a libertação imediatada de Laura Bugalho e o esclarecimento cabal dos factos que levaram à sua detenção. Solicitamos ao conjunto das redes associativas europeias que juntem a sua voz à dos activistas galegos na denúncia da detenção de Laura Bugalho e na exigência da sua libertação imediata.

movimento Panteras Rosa - Frente de Combate à LesBiGayTransFobia - Lisboa, Portugal
Observatório Homofobia/Transfobia na Saúde @ Médicos Pela Escolha
DIVULGAÇÃO