terça-feira, outubro 15, 2013

STOP PATOLOGIZAÇÃO TRANS II

STOP TRANS PATHOLOGIZATION! nasce-se e o primeiro momento de se ser feito sujeito, de começar a construção da pessoa através da sua diferenciação, é o da inscrição de uma de duas categorias: é rapaz, é rapariga. a palavra faz tudo: marca esse sujeito incontornavelmente, arranca o fazer-pessoa num "ele", num "ela". o discurso reveste o corpo de uma fala da diferença, mas é uma diferença de fala estrita e espectro curto: ou um ou o outro e nunca mais além. que outra fala de fazer o corpo imaginamos nós? // imagem por: Ana Farias.

--
Sexta-feira, 25 de Outubro haverá TRANCEZINHAS para jantar no RDA, seguido da apresentação de 2 filmes, conversa animada e convívio!

Evento: https://www.facebook.com/events/171237213080441/

19h30 - Vamos comer Trancezinhas? - jantar benefict para o grupo TransQueer
21h00 - Apresentação da curta "No Bikini (2007)"
21h15 - Filme "Ma vie en Rose (1997)"
23h00 - Conversa sobre esterótipos de género, sexismo e os manuais de doença mental no caso trans e intersexo.

Página da Campanha STP - STOP PATOLOGIZAÇÃO TRANS (Portugal) no Facebook: https://www.facebook.com/pages/STOP-PATOLOGIZAÇÃO-TRANS-2012/150656943552

Campanha internacional: http://www.stp2012.info/

Observatório Homofobia/Transfobia na Saúde @ Médicos Pela Escolha
DIVULGAÇÃO