quarta-feira, fevereiro 11, 2009

Espaço ao Sobrenatural (uma rubrica ficcional)



Esquizamentos:

*Para ter mão no que sobeja, há que ter mão no que falta.
*O sagrado, deve estar longe da mão.

"em variados ritos religiosos, o mito que é público, é o performado pelos iniciados numa narrativa exactamente oposta. Chega a ser necessário que os excluídos tenham acesso a todos os elementos, sem que consigam juntá-los, e perceber que são os visados da accção de poder, da acção conjunta; o próprio pacto, dos iniciados_não é mais que uma acção de se-crato, uma cracia que se afunda, mergulha e reforça-se num afecto distinto do comunitário"
Observatório Homofobia/Transfobia na Saúde @ Médicos Pela Escolha
DIVULGAÇÃO